quinta-feira, 12 de abril de 2012

Falando sério sobre humor




O Brasileiro consegue estragar tudo, até o stand up.

Esses dias parei pra pensar como a coisa tá ficando: uma merda!
Alguns programas de TV estão menosprezando o stand up obrigando os humoristas a improvisarem cenas sem sentido, censurando e proibindo eles de usarem seus verdadeiros textos, com palavras pesadas e temas polêmicos.
Não adianta querer comparar o stand up americano com o brasileiro. Não adianta comparar NADA no Brasil com os EUA.
A internet devia ser um meio de divulgação de um trabalho e uma maneira de facilitar a comunicação entre humoristas, comediantes e admiradores dessa arte.

O problema é que existem pessoas mal intencionadas que ROUBAM material do outro que está começando para fazer como seu próprio.

Sinceramente, o barato do stand up é criar, inventar, escrever e se apresentar.
Claro que as vezes ideias de redatores batem. Geralmente acontece com trocadilhos de nomes e piadas fáceis.
Novos comediantes estão surgindo. Muitos são bons, mas uma grande maioria só muda alguma coisa do material do outro e sobe contar. Filhos da puta!
Não bastasse isso, também existe muita gente querendo derrubar o outro.

Eu queria muito escrever umas coisas, subir num palco e falar, mas tô perdendo a vontade de fazer isso. Muita gente boa está.
Quando começou aqui, o stand up era um tipo de humor inteligente, pesado e principalmente crítico.

Deveria continuar assim.


Muitas partes da imprensa e da mídia tentaram e meio que conseguiram "queimar" o stand up.

Dizem que PIADAS são comentários "preconceituosos"

Estranho isso: Pra eles,

O preconceito pode existir, mas não podemos falar sobre ele de uma forma crítica e engraçada. Apenas falar sério e lamentar.

Lamento por esse preconceito contra o verdadeiro stand up comedy brasileiro.

7 comentários:

Dono do blog disse...

Boa Mateus, tem muita gente fazendo "merda" por ai. Temos q valorizar aqueles q realmente criam suas piadas e não as roubam dos outros. O Stand up já está mto saturado, e ainda ficam esses "programinhas" de televisão fazendo concurso idiota. E tbm na mídia tem muito Caga Regra como diz o Gentili... flw abç

blogdanielasimoes disse...

A mídia televisiva tenta "podar" o humorismo stand up, limitando temas e cortando algumas piadas, tens razão.Quanto a evitar o "saque" de piadas de larápios "pseudohumoristas", o negócio é ser você mesmo.Agora, inventaram que todo humorista não gosta de pagode e sertanejo;fala mal da ex-namorada; e é brocha.É possível ser engraçado sem ser tão desgraçado. E existem inúmeros outros temas que podem ser engraçados, não precisa ter um padrão único. Mateus, não desiste por isso, não!Sempre terá, pelo menos, uma gengiva rindo das tuas piadas. um abraço! @danielasimoesds

Ana Caruso disse...

esse mundo ta ficando chato pacas...

Blog da Ladyroll disse...

Concordo. A comédia perdeu a graça. Rir de uma situação virou crime... Vc não pode ser wuem realmente é, tem que ser o que os outros esperam que seja, mesmo se pregando sobre LIBERDADE DE ESCOLHA. Como postei no face um dia desses, eu tenho que aceitar rico, pobre, velho, criança, ladrão, ex-ladrão, político, ativista, burro, maluco, mal educado, doente, bêbado, corno, vagabundo, preto, branco, ruivo, gls,gente falsa, pastor, bbb e porra, NINGUÉM precisa aceitar as minhas escolhas??? Cadê a liberdade? Vc vai num show de comedia só pra processar e arrancar grana de alguém..?!?
Simplesmente isso Matheus, o povo tá pensando tsnto em dinheiro e querendo tanto ser minoria que finge se ofender pra lucrar, gente q certamente não aprendeu a dar valor ao trabalho como meio de adquirir algo na vida. É mais facil se ofender e roubar dos outros que conseguir por merecimento próprio. Viva a ditadura então, pra esse bando de gente hipócrita que desaprendeu a rir...

Machado Júnior disse...

Cara, eu acho que o stand-up não é um tipo de comédia pra TV.

Acho ruim esse concurso da Ana Hickman (foda-se como escreve o nome dela).

O stand-up não é pra ser popular. No concurso os caras começam depois de uma matéria com pessoas contado piadas populares (de loira, português) e ainda fazem improviso (nada a ver com stand-up). Aí é bem difícil.

E quanto a comediantes roubando piadas, é bem foda mesmo. Eles nem deveriam ser chamados de comediantes.

É por isso que só escrevo piada ruim. xP

http://manifestodomachado.blogspot.com.br/

Carol Monte Nero disse...

Sua observação é válida e a ilustração está perfeita. É um sacrilégio o que estão fazendo com o Rafinha Bastos. Ele tá pagando o pato por usar a tão "defendida" liberdade de expressão. O fato, é que não só o humor, mas diversos assuntos que nos incomodam (partindo do princípio de que todo mundo tem algum tipo de preconceito e temos mais é que aceitar isso) estão implicitamente vetados nos meios de comunicação. Nós brasileiros, somos um povinho muito hipócrita, despreparado para usar a liberdade de expressão que envolve falar o quer e ouvir o que não quer. O humor às vezes, ácido do stand up, mexe muito com nossos doloridos brios mal resolvidos. Então é isso, quem paga são os mais francos, e nesta classe estão os bons humoristas, fazer o quê né?!

Carolina Lima disse...

A coisa é simples e clara: Bons comediantes estão sendo extintos porque são impedidos pelo "sistema" de falar a verdade. Caramba, vivemos em um país de liberdade de expressão, piada não é documento!! Por isso que defendo claramente Rafinha Bastos!! :D